segunda-feira, abril 04, 2011

É você?

Você acha que existe algum controle? Na sua vida? Acha mesmo? Você controlou o fato básico de você ter nascido? Sabe exatamente, em detalhes, e escolheu o momento e a maneira precisa de como você vai morrer? Você controla seu coração que bate dia e noite? Controla os pensamentos fulminantes que te atacam as moralidades tão bem estabelecidas? Você acredita que tem o controle de todos os seus músculos, da direção de seus olhares? Você controla os outros ao seu redor ou precisa fazer uma chantagem? Foi você quem decidiu sua raça? Você dorme quando quer, acorda quando bem entende? Acredita mesmo que tudo o que tem aí dentro é seu única e exclusivamente? Acredita que domina com propriedade suas opiniões, suas convicções? Você controla o tempo, senhor do Tempo, não caiu aquela chuva? Controla os sinais de trânsito, as notas promissórias, o almoço de cada dia? Aquele chute em direção ao gol, a bola relou na trave, foi calculado? É possível você acreditar que você controla a sua conta corrente, mesmo em tempos de inflação? Acha mesmo que controla o que seus filhos veem na televisão, quais suas companhias? Você controla suas decisões, tem plena consciência delas? Você controla a direção do seu carro ou aquilo foi tentativa de suicídio? Você se joga da janela e não morre mas estraçalha suas pernas, seu tronco, seus movimentos e joga a responsabilidade nas costas de deus? Você reza e domina com rigor as contas do rosário que vai passando dedo a dedo e escorregando das suas mãos enrugadas? Escolheu o lugar onde nasceu, sua língua, usos e costumes? Você controla o país que você governa com suas multidões inabaláveis e comissões julgadoras? A gravidade ainda é maior ou seu foguete chega nas estrelas, pequeno grande astronauta? Você escolhe quem levar pra cama, ou a cama rejeita os mais ousados? Você controla quantos cigarros fuma por dia? Controla o momento o dia do parto, o espermatozoide da concepção? Quem nos condenou a epidemia de malária, a febre amarela, foi você?

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home